quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

Salto de Desenvolvimento: o que ninguém te conta



Olá!!! 
Hoje vou contar uma coisa que não é segredo, mas ninguém te conta. Antes do bebê nascer, alguém vai te contar que algum momento seu bebê vai passar por um salto de desenvolvimento, ou crise/pico de crescimento, vão te contar como eles ficam. Se você é uma grávida e ninguém te falou sobre isso, é só entrar no Dr. Google e jogar lá no quadradinho de busca "salto de desenvolvimento" e pimba. Vai aparecer milhares de pesquisa sobre isso, e todos eles vão falar do bebê e nenhum vai falar da mãe.

Mas você já deve ter reparado que o nome do blog é "Trajetória de uma mãe" e não de um bebê, então não vou te esconder nada, e acredito que quem já é mãe vai concordar comigo. O salto de desenvolvimento simplesmente chega sem avisar, e você vai demorar para perceber que seu bebê esta passando por mais um salto. Ele vai ficar irritado, manhoso, vai te agarrar e não querer soltar mais, seu peito vai virar chupeta, e você vai pensar em milhares de coisa antes de a ficha cair. 

E até a ficha cair, você pira, pira mesmo, e isso não quer dizer que você é "menas mãe". Você vai ficar cansada, um cansado extremo que não sabe nem como consegue andar ainda, vai passar noites em claro, noites no plural mesmo, porque salto de desenvolvimento não é um dia só e pode durar semanas. Você vai até dormir, mas aquelas cochiladas que vai te deixar com uma dor de cabeça que parece ter milhares de ferreiros martelando dentro. E como toda mãe não é só mãe, ela é esposa, ou mãe de mais de uma criança, ou ainda trabalha fora, vai ter que dar conta de tudo isso ainda, sozinha. Marido vai arranjar desculpa para fugir, mãe ou sogra até ajudam, mas o bebê não vai querer saber delas, só vai querer você, e filhos mais velhos vão querer sua atenção também. Então repito, você pira mesmo, vai chorar, vai se culpar e vai se questionar onde está errando.

Passei por isso nas últimas semanas, e por incrível que apareça, Mahara até o momento passou por todos os saltos de desenvolvimento, então já sinto calafrio quando vejo as minhas amigas falando do Terrible Two. E para ajudar eu contraí uma gripe daquelas que te derruba e o marido teve que pegar de mim. Então fiquei com dois bebês em casa, porque marido doente é pior que bebê doente né. Tentei apelar ajuda para minha mãe, mas a Mahara colou em mim, não desgrudava nem para eu ir ao banheiro, então idas ao banheiro era em ultimo caso, quando não dava para segurar mais, banho juntas, com ela no colo, e a noite era mais fácil eu dormir com ela (vantagens da cama montessori). 

Mas deixa eu te contar uma coisa, isso passa, passa mesmo, e precisava compartilhar isso para você ver que a maternidade não tem só os lados rosa ou azul, existe o lado cinza, sombrio. E se você está passando por isso, é porque você é humana, é guerreira, é mãe! E não tenha vergonha não, e nem se sinta culpada (tá, sei que isso é impossível), mas você não está errando não, é apenas seu bebê que graças a Deus está crescendo com saúde e se desenvolvendo bem. 

E como toda madrugada de choro há uma manhã de alegria, e quando o salto acabar (ele acaba do nada) você vai ver que aquele bebezinho que ficava em seus braços, tão pequenino, tão dependente de você está crescendo e que agora aprendeu coisas novas, se esticou, amadureceu e você vai questionar, quando foi que isso aconteceu?   







Image and video hosting by TinyPic

14 comentários:

  1. Aí Jeh me deu até um arrepio... nem vou dizer que to me preparando...pq na verdade a gente nunca vai estar preparada ne? Seja o que Deus quiser.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nunca mesmo, mas ao menos quando você estiver passando por isso vai lembrar que eu já passei e sobrevivi hehe

      Excluir
  2. É bem isso mesmo, e olha o que estou passando agora com Lolo me faz ver que isso nunca mais acaba, esse cansaço, essa culpa, esse medo... hoje ela está calma, amanhã só Deus sabe heheh

    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acaba nunca neh! Como já disse, minha mãe passa com a minha irmã agora, e já vai fazer 12 anos de idade hehe

      Excluir
  3. Adorei o texto!
    Só li verdades! rs
    Bjos!

    ResponderExcluir
  4. Respostas
    1. Hehe... e agora já sabe como as mães piram né.

      Excluir
  5. Uau que post esclarecedor
    Passei por isso com meu primeiro filho,so nao sabia o que era rsrsrs
    Gosto de posts que mostram às maes de primeira viagem que nao existe nada perfeito e cheio de frufru na maternidade...a realidade é outra,ne.
    bjo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Perfeito é só Deus né... o resto é tudo uma mentira! Tá perfeito, certeza que tem algo errado ali né, hehe.

      Bjks

      Excluir
  6. Só verdades, e o Gu também tem passado por TODOS os saltos hahaha
    Beijos

    ResponderExcluir